A A A A A

Igreja: [Professores Falsos]


Lucas 6:26
Ai de vocês que são elogiados por todos, porque os antepassados destas pessoas também elogiavam os falsos profetas!

Mateus 24:24
Eu digo isso pois muitos falsos cristos e falsos profetas vão aparecer e fazer milagres e maravilhas a fim de enganar, se possível, até mesmo aqueles que tinham sido escolhidos por Deus.

Mateus 16:11-12
[11] Como é possível que não tenham entendido que eu não lhes falei a respeito de pães? Eu lhes disse para se prevenirem contra o fermento dos fariseus e dos saduceus.[12] Então eles entenderam que Jesus não lhes tinha dito para se prevenirem contra o fermento usado nos pães, mas sim dos ensinamentos dos fariseus e dos saduceus.

2 Timóteo 4:3-4
[3] Digo isto porque chegará o tempo em que as pessoas não vão querer mais ouvir o verdadeiro ensino. Pelo contrário, para agradarem a si mesmas, elas vão se cercar de mestres que falarão somente o que elas querem ouvir.[4] Elas se recusarão a ouvir a verdade e seguirão as lendas.

2 Timóteo 4:3-4
[3] Digo isto porque chegará o tempo em que as pessoas não vão querer mais ouvir o verdadeiro ensino. Pelo contrário, para agradarem a si mesmas, elas vão se cercar de mestres que falarão somente o que elas querem ouvir.[4] Elas se recusarão a ouvir a verdade e seguirão as lendas.

Atos 20:28-30
[28] Estejam alerta e cuidem tanto de vocês mesmos como também de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os constituiu bispos, para pastorearem a igreja de Deus, a qual Ele comprou com o seu próprio sangue.[29] Digo isto porque sei que, depois que eu for embora, lobos ferozes aparecerão entre vocês e não terão pena do rebanho.[30] E até mesmo dentre o próprio grupo de vocês, surgirão homens falando coisas erradas para arrastar os discípulos atrás deles.

2 Pedro 3:14-18
[14] Por essa razão, meus queridos amigos, enquanto vocês antecipam estas coisas, façam o possível para que Ele os encontre em paz, sem impureza nem culpa.[15] Lembrem-se de que a paciência que o Senhor tem é para que nós sejamos salvos. O nosso querido irmão Paulo disse—lhes a mesma coisa quando lhes escreveu com a sabedoria que Deus lhe deu,[16] ao falar a respeito desses assuntos. De fato ele costuma fazer isto em todas as suas cartas. Nessas mesmas cartas há certas coisas que são difíceis de entender. Os ignorantes e os fracos na fé as deturpam, como também fazem com as demais Escrituras, e assim causam a sua própria destruição.[17] Portanto, queridos amigos, desde que vocês já sabem destas coisas de antemão, tomem cuidado para não serem levados pelo erro desses homens maus, caindo assim da sua posição segura.[18] Porém cresçam na graça e no conhecimento que vem do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Ele seja dada a glória, tanto agora como em toda a eternidade.

1 João 4:1-6
[1] Queridos amigos, não dêem crédito a todos os que dizem que são inspirados por Deus. Ao contrário, ponham-nos à prova e verifiquem se o espírito que eles têm é mesmo de Deus ou não, pois muitos falsos profetas têm saído pelo mundo afora.[2] A maneira pela qual vocês podem verificar se o espírito que eles têm é mesmo de Deus é esta: Todo profeta que confessa que Jesus Cristo veio à terra em forma humana, tem o Espírito de Deus.[3] Todo profeta que não confessa isso a respeito de Jesus, não tem o Espírito de Deus. Pelo contrário, ele tem o espírito que guia o Inimigo de Cristo. Vocês ouviram falar que esse espírito estava para vir; pois bem, ele agora já está no mundo.[4] Filhinhos, vocês pertencem a Deus e têm vencido os falsos profetas, porque aquele que está em vocês é maior do que aquele que está no mundo.[5] Esses falsos profetas pertencem ao mundo. Por essa razão, aquilo que eles falam vem do mundo e o mundo os ouve.[6] Nós, porém, pertencemos a Deus. Aquele que conhece a Deus, nos ouve, mas aquele que não pertence a Deus, não nos ouve. Desta maneira podemos reconhecer quem tem o Espírito da verdade e quem tem o espírito do erro.

Mateus 7:15-20
[15] —Tenham cuidado com os falsos profetas! Eles se aproximam de vocês disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos selvagens.[16] Vocês os reconhecerão pelos frutos que eles produzirem. Pode-se por acaso colher uvas dos espinheiros ou figos das plantas espinhosas?[17] Uma árvore boa produz bons frutos e uma árvore que não presta produz frutos ruins.[18] A árvore que é boa não produz frutos ruins, nem a árvore que não presta produz bons frutos.[19] Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo.[20] Assim, pois, vocês conhecerão as pessoas pelos frutos que elas produzem.

2 Pedro 1:12-21
[12] Por esta razão farei com que se lembrem sempre destas coisas, embora já as conheçam e estejam firmados na verdade que chegou até vocês.[13] Penso que, enquanto eu viver neste corpo, é justo que eu os ajude a se lembrarem destas coisas.[14] Pois sei que estou prestes a deixar este meu corpo, como nosso Senhor Jesus Cristo claramente me revelou.[15] Mas, de minha parte, me esforçarei ao máximo para fazer com que, mesmo depois da minha morte, vocês se lembrem sempre de tudo.[16] Quando lhes demos a conhecer a poderosa vinda do nosso Senhor Jesus Cristo, não seguimos fábulas engenhosamente inventadas. Nós mesmos vimos a sua grandeza com os nossos próprios olhos.[17] Pois Ele recebeu honra e glória da parte de Deus Pai, quando a voz da Suprema Glória veio até Ele dizendo: “Este é o meu Filho querido que me dá muita alegria!”[18] E esta voz que veio do céu, nós a ouvimos quando estávamos com Ele no monte santo.[19] Assim, temos mais confiança ainda na mensagem anunciada pelos profetas. E vocês fazem bem em atendê-la, pois ela é como a luz que brilha num lugar escuro até que o dia clareie e a estrela da manhã brilhe nos seus corações.[20] Acima de tudo, saibam isto: Nenhuma profecia na Escritura provém da maneira de pensar pessoal do profeta,[21] pois jamais qualquer profecia foi feita por vontade humana. Entretanto homens, guiados pelo Espírito Santo, falaram mensagens vindas de Deus.

Tito 1:6-16
[6] Para que alguém possa ser nomeado, deve viver de tal maneira que ninguém possa acusá-lo de nada. Deve ter somente uma esposa e deve ter filhos que acreditem em Cristo e que não sejam acusados nem de má conduta nem de rebeldia.[7] Pois é indispensável que o bispo, como alguém que está encarregado do trabalho de Deus, viva de tal maneira que não possa ser acusado de nenhuma falta. Ele não deve ser arrogante, nem alguém que se irrite com facilidade. Ele não deve ser dado ao vinho nem violento. Ele também não deve querer ficar rico por meios desonestos.[8] O bispo, ao contrário, deve ser hospitaleiro, amigo do bem, prudente e justo. Ele também deve ser dedicado a Deus e ter domínio próprio.[9] Ele deve se apegar à mensagem tal como lhe foi ensinada, pois ela é de confiança. Assim poderá não só encorajar os outros pelo verdadeiro ensino, como também convencer aqueles que se opõem a esse ensino.[10] Isto é importante, pois existem muitas pessoas, especialmente entre os que acreditam na circuncisão, que são rebeldes, que falam tolices e que enganam os outros.[11] É preciso fazer com que elas se calem, porque andam destruindo famílias inteiras, ensinando o que não devem a fim de ganhar dinheiro desonestamente.[12] Foi um poeta deles mesmos, lá da ilha de Creta, que disse: “Os cretenses são sempre mentirosos, feras terríveis e comilões preguiçosos”.[13] O que ele disse é verdade. Portanto, repreenda-os severamente, para que eles sejam fortes na fé[14] e para que não sigam nem lendas judaicas nem mandamentos de homens que se desviaram da verdade.[15] Todas as coisas são puras para os puros. Porém, para os que são impuros e descrentes, nada é puro, pois tanto a mente como a consciência deles estão pervertidas.[16] Eles dizem que conhecem a Deus, mas pelas suas ações eles o negam. Por isso é que são detestáveis, desobedientes e não conseguem fazer nada que seja bom.

2 Pedro 2:1-22
[1] Contudo, assim como surgiram falsos profetas no meio do povo de Israel, também haverá entre vocês falsos mestres. Eles se intrometerão entre vocês com doutrinas destruidoras e chegarão até a negar o Mestre que comprou a liberdade deles. Agindo assim, eles farão com que uma repentina destruição caia sobre si mesmos.[2] Muitas pessoas seguirão as suas práticas imorais e, por causa deles, o caminho verdadeiro será difamado.[3] E também, movidos pela avareza, esses falsos mestres explorarão a vocês, contando-lhes coisas que eles mesmos inventaram. O julgamento contra eles foi determinado há muito tempo atrás e eles não escaparão daquele que vai destruí-los.[4] Pois Deus nem sequer poupou os anjos que pecaram, mas lançou-os em abismos de escuridão e ali eles ficarão presos até o julgamento.[5] Deus também não poupou o mundo antigo, mas fez vir o dilúvio sobre aquele mundo de pessoas más. Ele preservou somente a Noé, que era quem anunciava a justiça, e mais sete pessoas.[6] Deus também destruiu as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinzas. Ele fez com que elas servissem de exemplo do que vai acontecer aos maus.[7] Mas, ao mesmo tempo, Deus livrou a Ló, homem bom que sofria por causa da vida sensual daquela gente perversa.[8] (Ló era um homem correto, mas viver entre aquela gente fazia com que o seu bom coração sofresse por causa dos pecados que via e ouvia entre eles todos os dias).[9] Assim, o Senhor sabe livrar das dificuldades aqueles que o servem e reservar aqueles que praticam a maldade para castigo no dia do julgamento.[10] Ele reserva especialmente aqueles que, seguindo sua natureza pecadora, vivem em imundas paixões e desprezam a autoridade do Senhor. Tais pessoas são atrevidas, arrogantes e não têm medo de falar mal dos seres celestiais.[11] Porém nem mesmo os anjos, que têm mais força e poder do que essas pessoas, se atrevem a falar mal delas na presença de Deus.[12] Estas pessoas são como animais irracionais, que agem pelo instinto e que nasceram para serem caçados e mortos. Elas falam mal de coisas que não entendem. Assim como os animais são destruídos, estes falsos mestres também serão destruídos[13] e sofrerão o dano como salário pelo dano que causaram. Eles têm prazer em satisfazer os seus próprios desejos em pleno dia. Eles são uma vergonha e um escândalo e se divertem com seus prazeres enganosos enquanto participam das festas de vocês.[14] Eles estão sempre procurando uma mulher para cometer adultério e não se cansam de pecar. Eles levam as pessoas mais fracas a pecarem. Seus corações estão treinados na avareza e eles mesmos são gente maldita.[15] Eles abandonaram o caminho do bem e se perderam. Eles seguiram o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o dinheiro ganho pelo mal que fez.[16] Mas ele foi repreendido por causa do seu pecado, pois um jumento que naturalmente não fala, falou com voz humana e impediu que o profeta seguisse em sua loucura.[17] Esses falsos mestres são como fontes sem água, como nuvens que são levadas pela tempestade. Para eles está reservado um lugar na mais densa escuridão.[18] Eles se orgulham inutilmente e, apelando para os desejos sexuais, seduzem as pessoas que estavam começando a escapar dos que vivem no erro.[19] Eles prometem liberdade, mas eles mesmos são escravos de hábitos corruptos, pois aquele que é vencido se torna escravo do vencedor.[20] Eles escaparam das contaminações do mundo por terem conhecido a nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Mas, se eles se deixam envolver de novo e são vencidos por elas, o seu último estado se torna pior do que o primeiro.[21] Pois teria sido melhor para eles nunca terem conhecido o caminho do bem do que, após conhecê-lo, se desviarem do mandamento santo que lhes fora dado.[22] Com eles aconteceu o que diz um certo ditado: “O cão voltou ao seu próprio vômito”; e “a porca, depois de lavada, voltou a rolar na lama”.

Mateus 23:1-29
[1] Jesus, então, dirigindo-se aos seus discípulos e à multidão, disse-lhes:[2] —Os professores da lei e os fariseus têm a autoridade de interpretar a lei de Moisés.[3] Por isso, vocês devem obedecer e seguir tudo o que eles ensinam. O que vocês não devem, entretanto, é imitar as ações deles, pois eles mesmos não fazem o que ensinam.[4] Amarram cargas pesadas e difíceis de carregar e as colocam sobre os ombros dos outros, entretanto eles mesmos nem com o dedo querem movê-las.[5] Fazem tudo para serem vistos pelas outras pessoas. Alargam os recipientes das Escrituras e alongam as suas franjas.[6] Gostam dos lugares de destaque nas festas e dos lugares mais importantes nas sinagogas.[7] Eles também gostam de ser cumprimentados com respeito nas praças e ser chamados de “Mestre” pelo povo.[8] Vocês, porém, não permitam que as pessoas os chamem de “Mestre”, pois o “Mestre” de vocês é um só, e vocês todos são simplesmente irmãos uns dos outros.[9] Também não chamem a ninguém de “Pai” aqui na terra, pois vocês têm somente um “Pai”, que está no céu.[10] Também não deixem que ninguém os chame de “Guia”, pois vocês têm somente um “Guia”: Cristo.[11] O mais importante entre vocês será o servo de vocês.[12] Todo aquele que se exaltar será humilhado, e todo aquele que se humilhar será exaltado.[13] —Ai de vocês, professores da lei e fariseus, hipócritas! Digo isto pois são vocês mesmos que fecham as portas do reino do céu para as pessoas; dessa forma vocês nem entram nem deixam que outras pessoas entrem.[14] —Ai de vocês, professores da lei e fariseus, hipócritas! Digo isto pois vocês fazem longas viagens e atravessam mar e terra com o propósito de converter uma pessoa à religião de vocês e, quando conseguem, tornam essa pessoa duas vezes mais merecedora do inferno do que vocês mesmos.[15] Ai de vocês, guias cegos! Digo isto pois vocês dizem: “Se uma pessoa jurar pelo templo, não significa nada; mas se jurar pelo ouro do templo, então é obrigada a cumprir com o seu juramento”.[16] Como vocês são tolos e cegos! Não é o templo que faz com que o ouro seja sagrado? Então, o que é mais importante: o ouro que está no templo ou o próprio templo?[17] Vocês também dizem: “Se uma pessoa jurar pelo altar, não significa nada; mas se jurar pela oferta que está sobre o altar, então é obrigada a cumprir o seu juramento”.[18] Como vocês são cegos! Não é o altar que faz com que a oferta seja sagrada? Então, o que é mais importante: a oferta que está sobre o altar, ou o próprio altar?[19] Se uma pessoa jurar pelo altar, estará jurando tanto pelo altar em si como por tudo o que está sobre ele![20] Da mesma forma, se uma pessoa jurar pelo templo, estará jurando tanto pelo templo em si como por tudo que está dentro dele![21] Assim também, se uma pessoa jurar pelo céu, estará jurando não só pelo trono de Deus, como também por Aquele que está sentado no trono![22] —Ai de vocês, professores da lei e fariseus, hipócritas! Digo isto pois vocês dão a Deus um décimo de tudo o que possuem, até mesmo da hortelã, da erva-doce e do cominho, mas deixam de obedecer as coisas mais importantes da lei, que são a justiça, a misericórdia e a fé. É necessário que vocês façam estas coisas sem desprezar aquelas.[23] Vocês são guias cegos! Coam a bebida e tiram o mosquito, mas engolem o camelo![24] Ai de vocês, professores da lei e fariseus, hipócritas! Lavam o copo e o prato por fora, mas por dentro eles estão cheios das coisas que vocês conseguiram por enganarem as outras pessoas e por satisfazerem o seu próprio egoísmo.[25] Fariseu cego! Limpe primeiro o lado de dentro do copo, pois assim o lado de fora também ficará limpo.[26] —Ai de vocês, professores da lei e fariseus, hipócritas! Digo isto pois vocês são como túmulos pintados de branco; parecem bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e de impureza.[27] Assim também vocês por fora parecem ser boas pessoas, mas por dentro estão cheios de hipocrisia e maldade.[28] —Ai de vocês, professores da lei e fariseus, hipócritas! Digo isto pois vocês constroem túmulos para os profetas, enfeitam as sepulturas dos justos[29] e dizem: “Se nós tivéssemos vivido no tempo dos nossos antepassados, não teríamos nos unido a eles para matar os profetas”.

Portuguese Bible 1999
Copyright © 1999 World Bible Translation Center