← 25 27 →

Deuteronômio 26

1

«Quando entrares na terra que o Senhor, teu Deus, te há-de dar em herança e dela tomares posse e ali habitares,

2

tomarás as primícias de todos os frutos que colheres da terra que te há-de dar o Senhor, teu Deus; pô-los-ás num cesto e apresentá-los-ás no lugar que o Senhor, teu Deus, tiver escolhido para aí habitar o seu nome.

3

Apresenta-te ao sacerdote de serviço nessa altura e diz-lhe: ‘Declaro hoje, perante o Senhor, teu Deus, que entrei na terra que o Senhor tinha jurado a nossos pais que nos havia de dar.’

4

O sacerdote receberá o cesto da tua mão e o depositará diante do altar do Senhor, teu Deus.

5

Proclamarás, então, em voz alta, diante do Senhor, teu Deus: ‘Meu pai era um arameu errante: desceu ao Egipto com um pequeno número e ali viveu como estrangeiro, mas depois tornou-se um povo forte e numeroso.

6

Então os egípcios maltrataram-nos, oprimindo-nos e impondo-nos dura escravidão.

7

Clamámos ao Senhor, Deus de nossos pais, e o Senhor ouviu o nosso clamor, viu a nossa humilhação, os nossos trabalhos e a nossa angústia,

8

e fez-nos sair do Egipto, com sua mão forte e seu braço estendido, com grandes milagres, sinais e prodígios.

9

Introduziu-nos nesta região e deu-nos esta terra, terra onde corre leite e mel.

10

Por isso, aqui trago agora os primeiros frutos da terra que me deste, Senhor!’ Depois, colocarás isso diante do Senhor, teu Deus, e prostrar-te-ás diante do Senhor, teu Deus.

11

Alegra-te por todos os bens que o Senhor, teu Deus, te der e à tua casa, tu, o levita e o estrangeiro que estiver no meio de ti!

12

Quando acabares de separar o dízimo de todos os teus produtos, no terceiro ano, que é o ano do dízimo, e o tiveres dado ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, eles o comerão às portas da cidade e ficarão saciados.

13

Dirás, então, na presença do Senhor, teu Deus: ‘Tirei da minha casa o que era consagrado para o dar ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, conforme os mandamentos que me ordenaste; não os esqueci nem os transgredi.

14

Não comi nada disso durante o luto, nada separei em estado de impureza e nada disso dei a um morto. Obedeci à voz do Senhor, meu Deus, e fiz tudo o que Ele me mandou.

15

Lança um olhar da tua morada santa, dos céus, e abençoa o teu povo de Israel e a terra que nos deste, como juraste aos nossos pais, terra onde corre leite e mel!’»

16

«Hoje, o Senhor, teu Deus, ordena-te que cumpras estas leis e preceitos. Observa-os e cumpre-os com todo o teu coração e com toda a tua alma.

17

Hoje, declaraste ao Senhor que Ele seria o teu Deus e que andarias nos seus caminhos, observando as suas leis, os seus preceitos e os seus mandamentos.

18

Por sua vez, o Senhor declarou-te hoje que serias o seu povo particular, como te tinha dito, e que deverias observar todos os seus mandamentos;

19

que te tornaria superior em honra, fama e esplendor a todos os povos que Ele tinha criado; que serias um povo consagrado ao Senhor, teu Deus, como Ele tinha dito.»

Portuguese Bible (CAP)
Public Domain: Capuchinhos