João 15

1

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.

2

Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda.

3

Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado;

4

permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim.

5

Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.

6

Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam.

7

Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.

8

Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos.

9

Como o Pai me amou, também eu vos amei; permanecei no meu amor.

10

Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como também eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e no seu amor permaneço.

11

Tenho-vos dito estas coisas para que o meu gozo esteja em vós, e o vosso gozo seja completo.

12

O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.

13

Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos.

14

Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando.

15

Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.

16

Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.

17

Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros.

18

Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim.

19

Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.

20

Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: não é o servo maior do que seu senhor. Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós outros; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa.

21

Tudo isto, porém, vos farão por causa do meu nome, porquanto não conhecem aquele que me enviou.

22

Se eu não viera, nem lhes houvera falado, pecado não teriam; mas, agora, não têm desculpa do seu pecado.

23

Quem me odeia odeia também a meu Pai.

24

Se eu não tivesse feito entre eles tais obras, quais nenhum outro fez, pecado não teriam; mas, agora, não somente têm eles visto, mas também odiado, tanto a mim como a meu Pai.

25

Isto, porém, é para que se cumpra a palavra escrita na sua lei: Odiaram-me sem motivo.

26

Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim;

27

e vós também testemunhareis, porque estais comigo desde o princípio.