Bíblia em um ano
Novembro 15


Tito 1:1-16
1. De Paulo, servo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo. Fui enviado para promover a fé que todos aqueles que são escolhidos de Deus têm e também para promover o completo conhecimento da verdade que mostra às pessoas como servir a Deus.
2. Sendo assim, elas poderão ter a esperança para a vida eterna, a qual nos foi prometida por Deus antes do mundo existir. E Deus não mente.
3. No tempo certo Ele fez com que a sua mensagem se tornasse conhecida por meio do meu trabalho, do qual fui encarregado por uma ordem dada pelo próprio Deus, nosso Salvador.
4. Escrevo a você, Tito, meu verdadeiro filho na fé, fé da qual ambos participamos. Que Deus Pai e Cristo Jesus, nosso Salvador, lhe dêem graça e paz.
5. Quando eu o deixei em Creta foi para você colocar em ordem o que ainda precisava ser feito e para nomear presbíteros em cada cidade, assim como eu lhe ordenei.
6. Para que alguém possa ser nomeado, deve viver de tal maneira que ninguém possa acusá-lo de nada. Deve ter somente uma esposa e deve ter filhos que acreditem em Cristo e que não sejam acusados nem de má conduta nem de rebeldia.
7. Pois é indispensável que o bispo, como alguém que está encarregado do trabalho de Deus, viva de tal maneira que não possa ser acusado de nenhuma falta. Ele não deve ser arrogante, nem alguém que se irrite com facilidade. Ele não deve ser dado ao vinho nem violento. Ele também não deve querer ficar rico por meios desonestos.
8. O bispo, ao contrário, deve ser hospitaleiro, amigo do bem, prudente e justo. Ele também deve ser dedicado a Deus e ter domínio próprio.
9. Ele deve se apegar à mensagem tal como lhe foi ensinada, pois ela é de confiança. Assim poderá não só encorajar os outros pelo verdadeiro ensino, como também convencer aqueles que se opõem a esse ensino.
10. Isto é importante, pois existem muitas pessoas, especialmente entre os que acreditam na circuncisão, que são rebeldes, que falam tolices e que enganam os outros.
11. É preciso fazer com que elas se calem, porque andam destruindo famílias inteiras, ensinando o que não devem a fim de ganhar dinheiro desonestamente.
12. Foi um poeta deles mesmos, lá da ilha de Creta, que disse: “Os cretenses são sempre mentirosos, feras terríveis e comilões preguiçosos”.
13. O que ele disse é verdade. Portanto, repreenda-os severamente, para que eles sejam fortes na fé
14. e para que não sigam nem lendas judaicas nem mandamentos de homens que se desviaram da verdade.
15. Todas as coisas são puras para os puros. Porém, para os que são impuros e descrentes, nada é puro, pois tanto a mente como a consciência deles estão pervertidas.
16. Eles dizem que conhecem a Deus, mas pelas suas ações eles o negam. Por isso é que são detestáveis, desobedientes e não conseguem fazer nada que seja bom.